REMOVEDOR DE LODO COM ACIONAMENTO PERIFÉRICO – RPC

O efluente chega ao tanque pela coluna central que possui aberturas para tal. neste instante o efluente é barrado pelo defletor central e inicia-se a decantação propriamente dita.

O lodo sedimentado é conduzido ao poço central de lodo pela ação dos raspadores. O raspador central dirige o lodo do poço até o tubo de saída e, a água clarificada é vertida para canaleta periférica, através dos vertedores ajustáveis e descarregada para o processo sem escuma, pois sua saída foi barrada pela cortina retentora de escuma.

A lâmina raspadora de escuma remove-a em direção à cortina e em um ponto da periferia do tanque, está montada uma caixa coletora para sua coleta.

A ponte está apoiada em uma extremidade pelo carro de tração que possui rodas e um motoredutor para acionamento. No centro, a ponte está apoiada na coluna central através de um rolamento de grandes dimensões que absorve os esforços resultantes. Nesta mesma coluna encontra-se um coletor elétrico que alimenta o motoredutor da outra extremidade.